terça-feira, 4 de abril de 2017

Eu Não Quero Um Vestido e Nem Festa. Eu Só Quero Viajar!


Nunca fui dessas meninas que sonham em entrar numa igreja com vestido de noiva - sejam ele daqueles bem exagerados ou até os mais minimalistas- com um buquê de flores, com uma bela música de fundo com várias pessoas especiais ali felizes por me verem assim. E ali á minha espera no altar, um homem que provavelmente eu ache o amor da minha vida.
Nunca quis ser dona de casa - e antes que me batam, não estou destratando essa posição de forma alguma. Temos que ter em mente que podemos ser e fazer oque quisermos.- que vive apenas por intermédio do sustento do seu cônjuge.
Sabe, também não pensava em ser mãe. Não sei, na minha cabeça sempre tive a impressão de que se eu trabalhasse tanto quanto eu quero, não encontraria uma forma de conciliar tudo. Sei que existem pessoas que fazem isso. Mas eu não sei se encaixo nesse papel. Tenho a impressão de que deixaria algo a desejar.

Mas eu quero sim casar, ter minha casa - entenda casa como trailers de viagem, como se fossem uma mini casa, aeroportos e trens- um marido que eu ame muito e que provavelmente é o amor da minha vida, e que eu também seja o amor da vida dele.
Filhos? Podemos adotar um cachorro não podemos? Mas se um bebê vier, podemos fazer isso também? Junto com nossa vida corrida e nossas viagens. Será um prazer ter mais alguém a bordo.

Mas não preciso que tudo isso seja de forma comum que muitos tem. Entende?
Eu quero uma pessoa que entenda que não acho necessidade em gastar com noivado, festa de casamento... Não podemos agendar uma hora no cartório, colocar nossas alianças e ir direto pra lua de mel? Não seria melhor?
E ainda mais legal, se fosse supresa pra todos. Pois não gosto de grandes anúncios. Gosto de coisas simples e sem muita plateia. Sei lá, mas gente demais assusta.

Um parceiro pra vida, que goste de viajar, se aventurar, que não tenha medo de conhecer lugares novos.
Que me ensine e aprenda comigo. Juntos.
Com o música no carro, o vento no rosto, seja a luz das estrelas, no fim da tarde ou bem cedinho pela manhã.
Aquela pessoa que passe pelas dificuldades diárias que vamos ter, procurando sempre resolver tudo sem querer desistir.
Não será nenhum mar de rosas, eu tenho minha TPM, meu temperamento, minhas confusões.
Ele provavelmente terá o lado cansado, bravo e dentre muitas coisas.
Mas não quero largar tudo na primeira briga.
Quero alguém que tenha maturidade de resolver e ficar.
Será um grade desafios para ambos, mas em lugar eu disse que seria fácil?

Quero a sensação de poder fazer algo diferente, gostoso e com o sorriso descontraído, tanto no meu rosto quanto no dele.
Ser feliz é isso.
Seja sozinha ou não, encontrar algo que gostamos e seguir com isso durante a vida.

E então? Topa ir se aventurar comigo?